domingo, 23 de novembro de 2008

MEU SONHO

Depois da prece
Cai num sono profundo
E a minha alma cansada
Se dispersou desse mundo

Dormindo então viajava
Por este universo sem fim
Chegando a um belo lugar
Lindissimo como um jardim

E ouvindo alguém me chamar
Senti uma grande emoção
Ao vêr sentada entre as flores
Minha mãe do meu coração

Papai me acenava a seu lado
Transbordando de felicidade
Com muita saudade abracei
Os dois na eternidade

E no afagar seus cabelos
Branquinhos da cor do algodão
Mamãe elevava com fé
Uma prece a nossa união

Finalmente ao beija-los me vem
Uma voz complacente dizer
Retornai a seu mundo meu filho
Pois já vistes o que tanto quiz ver

Regressando a Jesus agradeço
A viagem de luz que ganhei
Desse sonho de amor e harmonia
Para a vida infinida acordei

2 comentários:

Neneca Barbosa - Um ser humano em evolução! disse...

Parabéns Rubens! Adorei "Meu Sonho". Lendo sua poesia lembrei-me que ontem a noite, em meu desprendimento, estive também com os meus pais. Que coisa hem!
Beijos, Neneca.

Luciana Aparecida disse...

Adorei "Meu sonho", gostaria de saber se foi inspiração ou vivencia.
Luciana